микрозаймы онлайн займы на карту займы по паспорту

Atualizando para o Laravel 4.1 2

Após longos sete meses de muito trabalho, a versão 4.1 do framework que tanto amamos foi finalmente lançada. Feliz Laravel 4.1! Apesar das muitas mudanças nas “partes íntimas” do framework, a simplicidade do Laravel não mudou, nem mesmo na hora de atualizá-lo. Você verá como é fácil!

Este guia básico é para você que desenvolveu algum projeto na verão 4.0.* e gostaria atualizá-lo para a versão 4.1. Taylor Otwell, autor do framework, levou apenas 10 minutospara atualizar o BeSnappy; nada mal, não é mesmo?

Antes começarmos, crie uma cópia de segurança do seu projeto. Não se arrisque!

O que eu preciso mudar, então?

Para começar, abra o arquivo composer.json e atualize a versão do framework:

"laravel/framework": "4.1.*"

Ainda neste arquivo, o valor padrão para a estabilidade mínima das dependências mudou para stable. Esse passo não é obrigatório.

"minimum-stability": "stable"

Você também precisará substituir os seguinte arquivos:

Agora, é hora de atualizar os arrays providers e aliases do Laravel no arquivo de configuração app/config/app.php. Copie cada um desses dois arrays do novo arquivo e cole-os no arquivo do seu projeto. Mas lembre-se de manter os provedores de serviço ealiases configurados por você!

Uma das novidades da versão 4.1 é poder entrar no servidor via SSH e executar comandos remotamente. Para isso, você precisará do novo arquivo de configuração, salve-o comoapp/config/remote.php. Aprenda mais sobre esta nova função na documentação do Laravel.

No arquivo de configuração app/config/session.php, acrescente uma nova opção:'expire_on_close' => false. Para encerrar a sessão do usuário quando o navegador for fechado, mude este valor para true.

O arquivo app/config/queue.php também ganhou um novo array de opções:

'failed' => array(
    'database' => 'mysql', 'table' => 'failed_jobs',
),

Se os controladores do seu projeto extendem a façade Controller do Laravel, você pode pular este passo. Mas se você tem usado o operador use Illuminate\Routing\Controllers\Controller; passe a usar:

use Illuminate\Routing\Controller;

E se você substituiu a função missingMethod em algum controlador, saiba que agora este método requer um novo parâmetro chamado $method.

public function missingMethod($method, $parameters = array())
{
    //
}

Também, ao invés de usar Route::getCurrentRoute() para acessar a rota atual, useRoute::current().

O mecanismo de recuperação de senhas do Laravel também foi alvo de muitas melhorias para torná-lo mais flexível. Agora é possível usar o comando php artisan auth:reminders-controller para criar um controlador RemindersController.php na pasta app/controller. Se você usa este mecanismo, dê uma olhada na nova documentação e decubra o que precisa ser alterado na sua aplicação. Também atualize o seu arquivoapp/lang/en/reminders.php de acordo com o novo arquivo.

Por motivos de segurança não é mais possível detectar o ambiente (environment) da aplicação usando a URL. Uma das alternativas é usar o hostname da máquina para detectar o ambiente. Essa detecção é feita no arquivo bootstrap/start.php:

$env = $app->detectEnvironment(array(
    'local' => array('nome-da-sua-máquina'),
));

Também não é mais necessário invocar o método $app->redirectIfTrailingSlash();neste arquivo. Exclua esta linha.

Ainda está comigo? O último passo é convidar o nosso querido maestro para reger a orquestra da atualização.

composer update

Enquanto você aguarda o Composer realizar o árduo trabalho de verificar as versões das dependências do seu projeto e atualizá-las pra você, dê uma passada no novo site do Laravel e confira as novidades.

Este comando foi suficiente para mim, mas se você encontrou algum problema, como esterelatado pelo Jeffrey Way, talvez você precise executar:

composer update --no-scripts

Caso algum pacote especificado em require-dev cause problemas na atualização, acrescente --no-dev ao comando acima.

Se você executou o comando com --no-scripts, ao término da atualização execute também:

php artisan optimize

guia oficial de atualização do Laravel (em inglês) também foi disponibilizado em seu site.

Isso é tudo! Qualquer dúvida, deixe seu comentário.

 

Post original: aqui

  • Diego Hernandes

    Muito bom, porem eu preferi trazer os elementos do projeto antigo para um projeto “zerado” do 4.1

  • Junior

    Eu estava procurando isso neste momento. Obrigado.